25/11/2017 Mercado

Linguagem atemporal

imagem da notícia

Circulação ampla e ambientes integrados e livres para os filhos pequenos brincarem foram algumas das demandas do casal de médicos feitas à arquiteta Izabela Pagani para sua nova casa no Arte Bela Vista, em Porto Alegre. Uma área de lazer para as crianças e para receber familiares e amigos com conforto era outro desejo dos proprietários, que foi alcançado através da unificação da sacada à sala e da escolha de uma linguagem atemporal para o apartamento, traduzida tanto no desenho do mobiliário como na escolha dos acabamentos. “Tenho uma preocupação em não usar materiais que saiam de moda e planejar espaços que não fiquem ultrapassados. Além disso, penso muito na vida real das pessoas, na correria diária e de como é preciso ter um lar organizado”, salienta Izabela.

Nesse sentido, a arquiteta atendeu a mais um pedido dos clientes, instalando pontos de armazenamento pelo imóvel. Na cozinha, a porta que dava acesso à ala íntima foi fechada para aumentar as opções para guardar alimentos e utensílios. Já na churrasqueira, armários fechados sem puxadores trazem a ideia de um painel, o que deixa o living clean. “Para as salas de estar e jantar, projetamos uma cristaleira toda em vidro e com fundo de espelho, ampliando o ambiente. É um ponto visual importante da unidade, que expõe louças que estão há gerações na família”, aponta Izabela. 

Na área íntima, as suítes foram projetadas para garantir personalidade e aconchego. No quarto da filha mais velha, a cama foi instalada embaixo da janela para deixar espaço para as brincadeiras, assim como os livros e bonecas ficam à mão. Para o menino, o mar foi o tema escolhido a fim de deixar o ambiente mais lúdico. Fugindo do convencional, a cama é mais funda para parecer um pequeno barco. Izabela acrescenta que, nos banheiros das crianças, foram utilizadas pastilhas para deixar os locais descontraídos. Já para o casal, foi criado um cômodo sofisticado e contemporâneo, que combina cinza, preto, branco e madeira, com quadros e almofadas que trazem conforto à decoração. “Transformamos também a parte de serviço em uma brinquedoteca, que concentra os brinquedos e a bagunça”, descreve. 

As mudanças nas etapas civil (com alterações nas instalações elétrica, hidráulica e de ar condicionado, adequando-as ao novo layout) e de revestimentos (com modificações no tipo de materiais usado) foram realizadas durante a construção do empreendimento, por meio do Personal System. O serviço da Melnick Even, conforme explica a coordenadora da personalização da empresa, a arquiteta Karine Hoffmann, oferece praticidade, otimização de tempo e dinheiro e segurança ao manter as garantias da construtora e incorporadora. “Nesse apartamento, um dos destaques é o projeto luminotécnico em composição com o forro de gesso, que valoriza os cômodos”, aponta Karine. Para Izabela, o trabalho com a equipe do Personal System foi excelente. “Sempre disponíveis e prontos para buscar soluções para os clientes e rápidos nos retornos”, comenta ela. 

-----

Fonte: Melnick Even Magazine – Interna Projetos Editoriais
Jornalista: Tatiana Gappmayer
Fotos: Nattan Carvalho